Essências X Rótulos das forças em jogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Essências X Rótulos das forças em jogo

Mensagem por Rafael Scovino Silva em Ter Ago 15, 2017 5:25 pm

Há um erro nos diagnósticos políticos da atualidade, se dividem as linhas de pensamento em conceitos que são mais rótulos do que propriamente a essência que os move, sendo que a essência é oque realmente importa.

Muito do que estamos acostumados a dividir em "esquerdas e direitas", na verdade possuem diferenças substanciais que as tornam até antagônicas dentro do mesmo espectro político que foi incluída, por vezes setores "classificados a direita" tem mais em comum com "outros classificados a esquerda" do que nos classificados em seu próprio espectro.

Existem setores a direita que prezam o trabalho e a nação, assim próximos a esquerda que também os preza, enquanto outros na mesma direita defendem o liberalismo e a globalização em evidente antagonismo.
Na esquerda o mesmo ocorre principalmente entre os que defendem causas trabalhistas em oposição aos que defendem "as liberdades individuais".

O caso dos neonazistas e antifascistas é sintomático, ambos os grupos em essência se pautam "no indíviduo e nas liberdades", algo que nada tem haver concretamente seja com o fascismo, seja com o comunismo, mais sim com o liberalismo.

Rapidamente podemos notar três principais conservadorismos : O de civilizações ou identitário, o católico ou ocidental e o puritano ou protestante.

Também as principais visões de esquerda diferem e muito indo de um nacional-trabalhismo, ao marxismo e deste ao progressismo.

A presença de elementos tradicionais versus os cosmopolitas são um bom paramêtro a meu ver, embora não o único, para diferenciar a real essência de cada, ao invês dos meros rótulos.

Assim entre os que apóiam e os que se opõe a globalização vigente e seus pressupostos.

A própria QTP observa diferentes tipos de conservadorismo e esquerdas.

Tradicionalismo, Conservadorismo Liberal, Conservadores Revolucionários, Social Conservadorismo.

Marxistas Ortodoxos, Social Democratas, Social Liberais (Esquerda de Terceira Via), Nacional Comunismo, Nova Esquerda.

Cada espectro conta com tantas diferenças que os dividem antagonicamente entre defensores e opositores da globalização vigente, da hegemonia liberal e seus pressupostos.

Pesquise e observe quais preservam elementos da identidade e auto-determinação dos póvos, do valor do trabalho e da economia produtiva, da soberania nacional.

E quais defendem o liberalismo econômico, o progressismo moral, o cosmopolitismo, a especulação financeira, a precarização das condições de trabalho e vida.

Outra imbecilidade é a de tentar colocar o islamismo como um ator único e uniforme, quando é dividido em muitos ramos, alguns como os xiitas e sunitas, wahhabís e ibadistas com visões de mundo e essência completamente diferentes entre si.

Salafistas e Irmãos Muçulmanos lutam contra o Nacionalismo Àrabe e o Xiismo dentro do Mundo Islâmico.

Uns defendem a autonomia dos póvos e nações, a convivência entre as religiões e o desenvolvimento autônomo.
Outros a imposição de modelos únicos, a supressão religiosa e a subordinação ao rentismo e a globalização liberal.

Uns erguem movimentos populares de resistência contra a ocupação sionista e a ingerência imperialista.
Outros explodem bombas para impor visões de mundo e são cúmplices do sionismo e do imperialismo contra os póvos.
avatar
Rafael Scovino Silva

Mensagens : 19
Data de inscrição : 20/09/2016
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum